Cursos em Destaque

Automotiva

Meio Ambiente

Normas Regulamentadoras de Segurança - Mte

Qualidade

SASSMAQ

Saúde e Qualidade Hospitalar

Sistema de Gestão de Segurança e Comportamento Seguro

Sistema Integrado de Gestão

 

Ver Todos




Artigos


Mudanças da ISO 9001:2015 (versão DIS) - Verdades e Tendências
Leopoldo Santana Luz

A Futura ISO 9001:2015 – Já é Hora de Conhecê-la e Aplicá-la.

Por Leopoldo Santana Luz –  Delegado Brasileiro no ISO TC 176/SC 2/ WG 24

 


A ISO 9001, a mais conhecida e aplicada norma internacional sobre sistema de gestão, estabelece requisitos para a gestão da qualidade que possibilitam às organizações aprimorar sua capacidade de prover produtos e serviços que atendam aos requisitos dos clientes e requisitos estatutários e regulamentares aplicáveis.

Como referência primeira para a certificação de sistemas de gestão da qualidade por organismos acreditados independentes - a ISO 9001 contribui no estabelecimento de relações seguras entre as organizações e seus clientes e fornecedores, assim como favorece o comércio internacional de produtos e serviços.

As diretrizes da ISO determinam que a cada 5 anos, a ISO 9001 seja avaliada pelos países membros, quanto às necessidades de revisão.

Na última avaliação, foi decidido que será publicada a revisão ISO 9001:2015, prevista para setembro deste ano, e que, entre outras melhorias, ela seguirá a Estrutura de Alto Nível para Normas de Sistema de Gestão (HLS), incorporada às diretrizes da ISO, como Apêndice 2 do Anexo SL da parte 1.

Isso significa que as futuras revisões da ISO 9001, da ISO 14001 etc. terão textos idênticos para os itens comuns, como controle de informação documentada, análise crítica pela direção, auditoria interna e ações corretivas, assim facilitando a implantação dos chamados sistemas de gestão integrados.

A revisão para a ISO 9001:2015 está sendo conduzida pelo grupo de trabalho WG24 do subcomitê SC2 do comitê TC 176 da ISO, que conta com até 2 especialistas de cada país membro. O Brasil está representado  pelos engenheiros Luiz Carlos de Nascimento e Leopoldo Santana Luz, como delegados nomeados pelo CB25 da ABNT.

Além da adequação à HLS, há outras novidades significativas, como a contextualização da organização quanto a suas questões internas e externas e requisitos e expectativas de suas partes interessadas relevantes, a introdução do pensamento baseado em risco, cláusulas específicas sobre conscientização de pessoal, conhecimento organizacional, planejamento e controle de mudanças, a simplificação dos requisitos para documentação e por aí afora.

Convém que consultores e organizações que estão implantando sistemas de gestão da qualidade para certificá-los no segundo semestre desde já, familiarizem-se com as minutas publicadas da nova ISO 9001, para considerá-las em seus projetos e assim evitar retrabalhos ou mesmo esforços na implantação de processos que não mais serão requeridos. Não somente isso: as primeiras organizações a (re)certificarem seus sistemas na nova norma, poderão fortalecer suas imagens no mercado.

A última minuta da futura norma, o DIS 9001 (draft international standard), de 13/05/2014, pode ser adquirida na ISO Store pela Internet. Em breve, deverá ser publicado o FDIS 9001 (final draft international standard), tão logo o WG 24, que se reunirá na Lituânia na semana do Carnaval, aprove em definitivo as alterações introduzidas na reunião realizada na Irlanda, em novembro passado. Após o FDIS, virá a norma.

A STANCE irá realizar evento no dia 16 de março que apresentará as 10 principais mudanças da futura ISO 9001:2015 com base no DIS 9001 e suas alterações decididas nas reuniões de novembro e fevereiro/15. No evento, teremos oportunidade de debater as possíveis formas de atender aos novos requisitos da ISO 9001 e as tendências do Sistema da Qualidade no mundo.


Se desejar enviar esta página para um amigo, clique no botão abaixo:


Comentários sobre este Artigo: